Billete 996

O blog da AirEuropa

21 Janeiro 2020

10 dicas fantásticas para viajar sozinho

A ideia de viajar sozinho pode parecer-lhe estranha, até aborrecida ou se calhar pensa que é apenas para pessoas aventureiras e destemidas, mas a verdade é que cada vez mais pessoas aderem a esta modalidade. Estamos a perder o medo de fazer coisas sozinhos ou é uma maneira de nos desafiarmos a nós próprios? Hoje damos-lhe 10 dicas fantásticas para que a sua viagem se converta na melhor aventura da sua vida. Está entusiasmado?

A razão pela qual decidiu viajar sozinho é a menor das preocupações. Viajar decidindo quando, como e onde viver cada minuto à sua maneira dependerá apenas de si e, quer acredite quer não, irá encontrar mais vantagens do que desvantagens. Ser o dono exclusivo da sua viagem não tem preço! A liberdade que irá sentir será uma experiência inesquecível e, provavelmente, a parte de viajar sozinho que irá gostar mais será a introspeção.

Photo by Leio McLaren (@leiomclaren) on Unsplash

Se a ideia já lhe passou pela cabeça ou se vai repetir esta aventura, tome nota dos seguintes conselhos:

  1. Comece esta «pequena aventura» num país com uma cultura semelhante à sua, especialmente se for a sua primeira vez a viajar sozinho. Estados Unidos ou Europa são os destinos perfeitos para se estrear, praticamente tudo nos parece familiar. O destino de excelência para viajar sozinho na Europa é Amsterdão e do outro lado do oceano é Nova York.
  2. Saber se há zonas «perigosas» na cidade ou país que vai visitar pode deixá-lo mais descansado. Já sabe os sítios a evitar.
  3. Viajar sozinho não é ser antissocial, até porque pode apetecer-lhe conhecer pessoas durante a viagem. O alojamento tipo couchsurfing ou aluguer de quartos é perfeito para este propósito.
  4. Comer acompanhado é melhor que fazê-lo sozinho, por isso, não se preocupe: o mealsurfing também existe e em muitos países. Encontre mais informações em mealsharing.
  5. Importante! Guarde o seu passaporte e outra documentação num local seguro, mas também deve digitalizá-los e guardá-los no seu correio eletrónico.
  6. Falar inglês é uma mais valia, se bem que há lugares ou países em que a língua de Shakespeare lhe vai servir de pouco. Nestes casos, recomenda-se que leve sempre consigo um cartão com o nome do sítio onde está hospedado.
  7. Não beba demasiado, ter os cinco sentidos em plena função pode evitar-lhe surpresas desagradáveis.
  8. Nas saídas noturnas deixe uma nota com o sítio para onde vai e da hora prevista de regresso. É importante que se saiba onde o podemos encontrar.
  9. Lembre-se que uma das vantagens de viajar sozinho é a probabilidade de mudar de planos sempre que desejar, mas que estes também podem mudar de forma involuntária. Assim, deve ter consciência de que podem surgir imprevistos. Caso isto lhe aconteça, faça uma lista e tenha algumas alternativas preparadas.
  10. As horas de viagem passam mais facilmente na companhia de um livro ou de uma boa série. Decida que livro o irá acompanhar nesta aventura e descarregue a sua série preferida.

Viajar sozinho pode ser uma das melhores experiências da sua vida, não só porque o faz sentir-se dono do seu tempo, como também porque o ajuda a conhecer-se melhor e a melhorar as suas aptidões sociais. Já alguma vez viajou sozinho? Que conselhos nos daria? Falar com alguém que já o tenho feito pode ajudá-lo a organizar a viagem, pelo que só falta preparar a mochila e partir.

También disponible en / Also available in: Español (Espanhol) English (Inglês)

Alicia Ratto

Publique um comentário

Los comentarios están moderados