Billete 996

O blog da AirEuropa

8 Abril 2019

Embarcamos através do reconhecimento facial

A Air Europa lidera a implementação do primeiro projeto de reconhecimento facial a nível europeu, em colaboração com a Aena. A tecnologia biométrica permitirá agilizar os processos de controlo, identificação e acesso às zonas de embarque.

A identificação facial pressupõe vantagens notáveis como o trânsito livre, mais rápido e seguro pelo aeroporto. Um avanço que facilitará o acesso dos passageiros ao avião, processo que até agora pressupunha uma clara desvantagem relativamente a outros transportes como o comboio ou autocarro.

Os passageiros que optem de forma voluntária pelo embarque biométrico poderão aceder ao controlo de segurança e às portas de embarque sem precisarem de apresentar o cartão de embarque ou o documento de identificação.

O local escolhido para a prova piloto foi o aeroporto de Mahón (Menorca), onde os passageiros da Air Europa que desejem participar no projeto poderão fazê-lo com uma simples operação que estará válida durante o tempo que se prolongue o projeto piloto, inicialmente previsto para um ano.

sistema de reconhecimento facial incorpora um leitor de documentação e uma câmara com a qual se fotografará o passageiro, permitindo comparar as suas feições com a imagem do documento que se mostra no leitor. Se coincidem, o passageiro poderá aceder tanto à zona segura como à porta de embarque sem necessidade de voltar a apresentar a sua documentação, embora deva sempra levá-la consigo.

Os passageiros que não pretendam aceder através deste novo sistema poderão fazê-lo como até agora, apresentando o seu cartão de embarque e o documento de identificação.

Uma vez concluído o período de prova e verificada a sua eficácia, prevê-se que a identificação biométrica possa extender-se aos restantes aeroportos da rede da Aena.

A implementação do embarque através do reconhecimento facial foi possível graças à participaão conjunta da Aena e das duas empresas do grupo Globalia, Air Europa e GroundForce, sob as máximas de qualidade e segurança e tutelado pelo gestor aeroportuário.