Billete 996

O blog da AirEuropa

29 Janeiro 2020

Perdendo o medo de voar celebra 10 anos.

air europa, punctual, airlines

Com o aniversário dos cursos “Perdendo o medo de voar”, a revista ATC Magazine conta-nos como tem vindo a desenvolver este projeto, da autoria do comandante Alfonso de Bertodano.

Com tudo a que isso implica, o medo de voar é um medo real. Aceleração da pulsação, hiperventilação, elevado nível de alerta, angústia, etc., mas tudo isto sem que exista qualquer perigo presente. É criador de muito stress a quem sofre deste medo e em algumas pessoas chega mesmo a tratar-se de uma fobia, sentindo-se mesmo estas sensações inclusivamente nos dias anteriores ao voo fazendo com que a ansiedade dispare, seja fonte de insónias, falta de concentração, etc. Apresentamos-lhe de seguida o porquê do sucesso destes cursos.

Alfonso de Bertodano Guillén, comandante da Air Europa no ativo e já com mais de 10 000 horas de voo, é também licenciado em Psicologia pela Universidad Autónoma de Madrid e membro da European Association for Aviation Psychology (EAAP). Nos dias de hoje partilha o seu trabalho como piloto com os cursos para superar o medo de voar que realiza em colaboração com a Air Europa e os quais já vêm a ser ministrados há 10 anos.

O comandante relata no artigo publicado pela ATC Magazin que em 2003 um congresso sobre fobias e transtornos de ansiedade despertou em si uma ideia: o que aconteceria se combinasse a minha experiência como piloto com os meus conhecimentos de psicologia? Nesse momento colocou em marcha o projeto de um modelo de curso que teria como objetivo ajudar as pessoas que desejam superar o seu medo de voar.

Existe realmente uma fobia de voar?

Sim, existe. E reside no medo como emoção e de como este é capaz de se desajustar para provocar uma ansiedade desmedida que incapacita quem desta padece, para voar ou para o fazer de uma forma tranquila. Mas, o que é o medo? Por si só trata-se de uma sensação aversiva ou desagradável que está associada a uma ameaça grave, física ou psicológica, a qual é apercebida pelos nossos ouvidos ou visão e interpretada com base nos nossos conhecimentos, quer sejam estes experiências anteriores ou por crenças.

Normalmente a origem desta fobia provem de más experiências prévias, como por exemplo a ocorrência de turbulência. Esta situação, à semelhança de uma descolagem ou aterragem complicadas, pode despertar um medo natural que vai aumentando pelo desconhecimento da situação real.

Os cursos: o estímulo, a pessoa e a resposta

Estes pontos são os três focos principais nos quais se baseiam os cursos “Perdendo o medo de voar”. Trata-se de viajar de avião, e para isso a equipa que ministra os cursos centra-se no reforço dos conhecimentos e na criação de nova informação, como por exemplo a que oferecem os controladores aéreos. Esta colaboração é fundamental na explicação da segurança do voo a partir do exterior do avião.

Estes pontos são os três focos principais nos quais se baseiam os cursos “Perdendo o medo de voar”. Trata-se de viajar de avião, e para isso a equipa que ministra os cursos centra-se no reforço dos conhecimentos e na criação de nova informação, como por exemplo a que oferecem os controladores aéreos. Esta colaboração é fundamental na explicação da segurança do voo a partir do exterior do avião.

O conteúdo que é ministrado nos cursos é cuidadosamente estudado e adaptado para que resultem em situações hipotéticas que vão sendo dadas aos participantes e assim lhes confiram os guias adequados para a gestão da sua ansiedade. Tudo isto vai sendo reforçado pelos pontos de vista e conhecimentos dos controladores aéreos, técnicos de manutenção, auxiliares de voo, pilotos e psicólogos.

Qual é o segredo do sucesso?

Ao fazer 10 anos e valorizar o percurso deste projeto, é impressionante que os dados sejam de que cerca de 98% das 500 pessoas que participaram nos cursos “Perdendo o medo de voar” conseguiram, não apenas voar, como também tornar-se pilotos de aviação privada, hospedeiros ou viajar por todo o mundo, e até tatuar um avião no seu corpo em sinal de reconhecimento para com o feito pessoal alcançado.

As pautas psicológicas com maior eficácia no tratamento das fobias e o facto de os cursos serem ministrados não apenas por pilotos mas também por psicólogos, técnicos de manutenção de aeronaves, auxiliares de voo e controladores aéreos, fazem com que esta combinação forme um grupo multidisciplinar de elevado nível, garantindo assim o sucesso dos cursos de “Perdendo o medo de voar”.

Os resultados alcançados até agora são uma grande motivação para todos os que fazem parte da equipa que os desenvolve e, sobretudo, geram uma grande satisfação. “Todos os meses devolvemos a muitas pessoas a capacidade de voar, viajar e de viver plenamente“, refere o comandante Alfonso de Bertodano à revista ATC Magazine, na celebração dos 10 anos dos cursos “Perdendo o medo de voar”.

Se estiver interessado, informe-se em perdiendoelmiedoavolar.com Os próximos cursos serão realizados em fevereiro, março e maio de 2020 em Madrid, Barcelona e Maiorca respetivamente. Confirme as datas e reserve o seu lugar! O mundo está à sua espera. Vamos voar!

También disponible en / Also available in: Español (Espanhol) English (Inglês) Nederlands (Holandês) Français (Francês) Italiano (Italiano) Deutsch (Alemão)

Alicia Ratto